x

Simulador de financiamento


1
2
3
4
5

Selecione a sua região

Selecione a sua cidade

5 dicas para você conquistar o seu imóvel próprio

 

Quer realizar o sonho de ter seu imóvel? Veja algumas dicas infalíveis de financiamento da casa própria:

Como financiar o imóvel próprio? Essa é a pergunta de grande parte dos brasileiros, que sonham em ter sua propriedade e sua independência.
Ao contrário do que muita gente acredita, apesar de ser um processo demandante de atenção, não é um “bicho de sete cabeças” e existem algumas possibilidades de serem feitas. Confira a seguir!

Dicas de quem quer comprar o imóvel próprio:

O financiamento imobiliário é algo que precisa ser muito bem pensado. Afinal, é um investimento de longo prazo, que irá comprometer sua renda por um longo período e demanda atenção. Confira abaixo, 5 dicas concretas para te ajudar nesse momento, sem erro e com as melhores alternativas:

1 – Planejamento, estudos e mais planejamento

Antes de finalizar a compra do imóvel, é importante planejar os gastos. Isso porque, embora o financiamento imobiliário seja considerado uma das melhores opções, sendo rentável e seguro, é uma assiduidade mensal. Portanto, o controle financeiro recorrente passa a ser imprescindível na hora de fechar negócio. 

Confira algumas práticas para acertar nesse momento e garantir mais segurança para o financiamento da casa própria.

  1. Pense que o financiamento exigirá uma entrada. Portanto, já comece a pesquisar o tipo de imóvel que você deseja, região e o valor médio. 
  2. Monte um planejamento financeiro mensal, onde você possa se comprometer a guardar um valor mínimo todo mês, que não seja gasto com outras coisas.
  3. Defina um teto de gastos mensais, já contando com lazer, alimentação, moradia e outras categorias.
  4. Organize seus gastos mensais, tem diversas ferramentas e aplicativos ótimos que cumprem essa missão, além de montar um cronograma e teto de gastos.
  5. Todo valor que sobrar, a mais do que o previsto, é um passo a mais para conquistar seu sonho.
  6. Os pequenos esforços contam e muito. Então, para comprar uma casa, aqueles gastos que você considera pequenos, ao serem somados, são grandes fontes de perda de recursos. Atenção a isso.

Além dessas atenções mensais e controle rotineiros, você precisa colocar no controle as despesas que não são fixas, mas ocorrem sazonalmente. Por exemplo: IPVA, seguro, manutenção do carro, renovação de documento, compras não programadas. 

Assim, você evita sustos e perda de controle, compensando esse valor no restante dos meses.

2 – Atenção ao cartão de crédito

O cartão de crédito traz muitas facilidades, especialmente pela opção de parcelar e se programar melhor. Entretanto, ele é um grande vilão dos seus gastos, especialmente porque o dinheiro não é descontado no momento, dando a falsa sensação de controle.

Não estamos falando para abolir de vez seu uso, até porque ele pode ajudar quando bem utilizado. Mas, são gastos que devem e precisam entrar no seu controle mensal, se atentando ao teto de gastos por mês estipulado.

Outra dica é: evite usar mais de um cartão de crédito. Tenha um de uso principal, mas esqueça os outros. Muitos cartões confundem o orçamento e podem te fazer estourá-lo facilmente.

3 – Escolha bem o tipo de imóvel e se planeje para ele

Antes mesmo de saber como financiar o próprio imóvel, é preciso avaliar qual você vai optar já que as opções de valores e despesas podem variar muito. 

Com apartamentos na planta, o financiamento se torna mais simples no que diz respeito à negociação de valores. Porém, o tempo até a obra ficar concluída, gastos com reforma e falta de valor exato do condomínio (além dos outros custos) pedem atenção.

Vale lembrar ainda que mesmo após a mudança para o apartamento, existem alguns gastos recorrentes como gás e condomínio! 

4 – Estude e escolha o melhor tipo de financiamento

Talvez uma das dicas mais valiosas para comprar o primeiro imóvel, seja essa. No mercado temos inúmeras maneiras de obter financiamento do imóvel próprio. Entretanto, cada uma delas tem suas vantagens, pontos de atenção e limitações.

Separamos os principais tipos de financiamento e como eles funcionam. Lembre-se de verificar as taxas de juros, reajustes, amortizações e abatimentos possíveis.

5 – Prepare-se para as parcelas do imóvel

 

Para finalizar as dicas para comprar um imóvel, essa fecha com chave-de-ouro. Primeiro ponto é saber uma previsão mais próxima da realidade de quando esse sonho será realizado.

A partir disso, comece a simular os valores aproximados de financiamento imobiliário, para ter uma base de quanto ficará por mês. Entenda, que por um bom tempo, é um valor que comprometerá sua renda.

Então, organize sua renda e gastos, para viver de forma planejada esse momento tão único e importante da sua vida. A realização do sonho da casa própria é possível, basta se planejar e escolher o investimento certo.

 

E que tal contar com o parceiro certo para estar ao seu lado nessa hora especial? A Prestes possui o imóvel que você sempre idealizou e está buscando. Acesse a Prestes Construtora e fale com um de nossos especialistas.